Cuidados com a alimentação no carnaval são essenciais para manter a saúde em dia

Quem gosta de curtir o carnaval sabe que seguir os blocos de rua e os trios elétricos é uma programação muito intensa. Todos querem aproveitar o máximo dos quatro dias de folia. Porém, nem sempre sobra tempo para os cuidados com a alimentação nesse período. De acordo com a nutricionista do Hospital Santo Amaro, Sandra Simone, os alimentos ricos em carboidratos são uma boa opção para a reposição da energia perdida. “Então, os cereais e grãos, de preferência os integrais, e ainda as massas com molhos não gordurosos, são indicados”, confirma.

Outro detalhe importante é com a ingestão de água e sucos, que devem ser redobrados por conta da perda intensa de líquidos. “É de fundamental importância não se esquecer da hidratação. O ideal é consumir de dois a três litros de água por dia, além de água de coco ou isotônicos para repor os eletrólitos. Suco de laranja com couve para desintoxicar também uma ótima pedida”, destaca.

Para quem gosta, as bebidas alcoólicas são inevitáveis, mas também alguns cuidados na ingestão desses líquidos são primordiais para aproveitar a festa. Ainda segundo a profissional, intercalar bebidas alcoólicas com sucos ou com água de côco contribuem para a redução da absorção de álcool pelo fígado. As saladas de vegetais e frutas como melancia, abacaxi e maçã também ajudam a desintoxicar.

As barracas de rua disponíveis durante a folia nem sempre oferecem alimentos saudáveis. Ainda assim, os foliões podem procurar alimentos como sanduíches naturais com atum e salada. Outro alerta está para o consumo de frutos do mar nas barracas, pois se não estiverem conservados adequadamente podem ficar impróprios para o consumo, o que pode acabar com a folia antes mesmo de começar. Aproveitar o carnaval com saúde. Essa é a dica.

Confira outras dicas para uma boa alimentação durante o carnaval:

  • Substituir frituras por grelhados e assados;
  • Evitar temperos industrializados e sal;
  • Evitar consumo de alimentos gordurosos como salgadinhos, recheados, waffer, carnes com gordura aparente;
  • Não consumir bebidas alcoólicas com estômago vazio;
  • Garantir, no mínimo, 6 horas de sono;
  • Não pular refeições;
  • Consumir carboidratos e proteínas nas refeições principais.