Amaro Lins comemora primeiro ano à frente da Santa Casa

Amaro Lins, ou “professor Amaro”, como costuma ser chamado, chegou na Santa Casa Recife há um ano com muitas missões. Uma delas era trazer sua expertise como gestor público, adquirida durante os 40 anos de serviços na Universidade Federal de Pernambuco, onde foi de professor a reitor. Nesse tempo, Amaro cumpriu bem a tarefa de ampliar a gestão para as outras áreas de atendimento da Santa Casa, como as de Educação e de Assistência Social, além de dar continuidade às melhorias no Hospital Santo Amaro e nas unidades de Saúde conveniadas. Mas não imaginava, no entanto, que seu trabalho e sua vida seriam impactados pelo que vem sendo o maior desafio do século 21: a Covid-19. Dos 12 meses como superintendente, oito foram em plena pandemia.

Foram inúmeras dificuldades, mas sem perder de vista as necessidades e urgências de cada unidade e dos quase 2 mil colaboradores que hoje integram o quadro da Santa Casa. “Vem sendo um período desafiador para toda a humanidade, mas estamos conseguindo vencer dia após dia, com a dedicação, entusiasmo e compromisso com o propósito que temos aqui. Eu sou muito grato a todos que têm me ajudado nesta caminhada, que encaro como uma missão. Agradeço, também, à Dom Fernando Saburido e demais membros do Conselho pela confiança e apoio de sempre”, diz Amaro. Das diversas mudanças realizadas neste tempo, um dos destaques é a implantação de gestão e governança, com a reformulação de setores e a contratação de profissionais qualificados para os cargos de liderança. “Buscamos otimizar resultados a longo prazo, envolvendo todas as áreas para o nosso objetivo final, que é tornar mais eficazes os nossos processos e atender cada vez melhor aqueles que dependem dos nossos serviços”, conclui.