Carregando
Educandário Santa Tereza

Educandário Santa Tereza

O Educandário Santa Tereza, situado em Olinda, é uma entidade filantrópica mantida pela Santa Casa de Misericórdia do Recife e atualmente dirigida pelas Irmãs da Congregação das Missionárias Reparadoras do Coração de Jesus. Na unidade, meninas de 6 a 12 anos recebem educação complementar (no contraturno escolar), além de suporte nas atividades escolares, acompanhamento psicossocial e pedagógico, formação cristã, prática esportiva, informática, coral, apoio nutricional e atendimento odontológico. A maior parte do público é proveniente das comunidades da Ilha do Maruim, V8, V9, Ponte Preta e áreas do entorno.

Missão: Acolher meninas em situação de vulnerabilidade social e contribuir com o desenvolvimento de suas potencialidades, autoestima e encorajá-las para o exercício da plena cidadania.

Importância histórica: A Igreja de Nossa Senhora do Desterro foi erguida pelo general João Fernandes Vieira, em cumprimento de uma promessa, após a vitória alcançada contra dos holandeses na Batalha do Monte das Tabocas (1645). Em 1686, a igreja foi entregue aos Carmelitas Descalços, que fundaram o Convento de Santa Tereza. Em 1835, o local acolhia e educava crianças órfãs. Passou à administração da Santa Casa de Misericórdia do Recife no ano de 1862. 

 

Conheça a história: Educandário Santa Tereza

LINHA DO TEMPO

03/08/1645 – Vitória do General João Fernandes Vieira contra os holandeses no sítio das Tabocas, em Olinda

1645 – Início da construção (Igreja Nossa Senhora do Desterro)

30/04/1686 – Chegada dos Carmelitas Descalços a Pernambuco vindos de Lisboa. Doação da capela Nossa Senhora do Desterro aos Padres. Fundação do Convento Santa Tereza

1731 – Construção do Cruzeiro de Pedra que fica em frente à Igreja

29/09/1823 – Foram expulsos os Carmelitas Descalços do Convento Santa Tereza

1835 – Convento é transformado em orfanato para acolher e educar crianças órfãs

19/07/1858 – Passa a ser dirigido pelas irmãs Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo

1862 – Passa à administração da Santa Casa de Misericórdia do Recife

12/10/1863 – Instalado no município o Colégio de meninas órfãs

05/08/1938 – Tombamento-Processo nº 142-T Inscrição nº 203- Livro de Belas-Artes, fls.35

16/03/1965 – Reabertura da igreja após restauração realizada pelo Patrimônio Histórico

2019 – Chegada das Missionárias Reparadoras do Coração de Jesus à direção do educandário

Dados Gerais