Igreja, Ciência e sociedade civil unidas contra a pandemia

No último dia 4, o Educandário Santa Tereza, unidade mantida pela Santa Casa Recife, recebeu mais uma ação do projeto Mãos Solidárias, uma iniciativa que busca realizar ações de solidariedade em comunidades da RMR e no interior, garantindo ajuda às pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Com a metodologia respaldada no Ver, Julgar e Agir, um dos vieses do projeto busca formar agentes populares de saúde. No Educandário Santa Tereza, 15 pessoas moradoras de comunidades do entorno, formaram uma turma, ministrada pela drª Paulete Cavalcanti, pesquisadora da Fiocruz, com o objetivo de multiplicar as formas de prevenção da Covid-19.

De acordo com o superintendente geral da Santa Casa Recife, Amaro Lins, essa parceria é de extrema importância. “Parceria fundamental na atenção e ação imediata e adequada, junto às comunidades atendidas pela Santa Casa de Misericórdia no enfrentamento à Covid-19”.

A ação contou com a presença do superintendente geral da Santa Casa Recife, Amaro Lins; a gerente de Educação e Assistência Social, Esmeralda Moura; o bispo auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife, dom Limacêdo Antônio; o coordenador geral da campanha Mãos Solidárias, Paulo Mansan e equipe; a drª Paulete Cavalcanti, pesquisadora da Fiocruz, além dos comunitários participantes.

A ação realizada seguiu todos os protocolos de segurança, com os participantes usando máscaras e praticando o distanciamento.