Av. Cruz Cabugá, 1563 - Santo Amaro - Recife - PE
(81) 3412.3800

Diretoria Médica: Roberta Almeida
diretoriahsa@santacasarecife.org.br
(81) 3412.3803

 

hsa

A história do Hospital Santo Amaro começou no Hospital Pedro II, na cidade do Recife, em uma enfermaria conhecida como Asilo de Mendicidade, destinada a acolher mendigos da referida cidade. Com o aumento da demanda e a precariedade do prédio, reconheceu-se a necessidade da construção de um novo edifício.

Segundo a Fundação Joaquim Nabuco, o Hospital Santo Amaro foi projetado pelo engenheiro José Tibúrcio Pereira Magalhães, sendo construído um prédio em estilo neoclássico. A instalação oficial se deu no dia 25 de março de 1870, com a inauguração de uma sede própria na Av. Cruz Cabugá, no bairro de Santo Amaro, Região Central do Recife, onde está localizado até hoje.

Desde o início, a instituição assumiu um papel assistencial como asilo para idosos e mendigos. Posteriormente, após passar por reformas e várias adaptações para atuar como hospital geral elementar, iniciando a diversificação de suas atividades, o prédio deu espaço ao Hospital Santo Amaro, atual sede da Santa Casa, que atende gratuitamente os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). A unidade conta com a participação das religiosas da Congregação Filhas de Sant’Ana, que prestam assistência religiosa aos enfermos.

Atualmente, o HSA atende gratuitamente diversas especialidades médicas, disponibilizando, inclusive, uma moderna e bem equipada UTI. Embora não disponha de um atendimento de emergência, a unidade funciona initerruptamente 24 horas com atendimento de médicos plantonistas.


est-hsa

Leitos

Especialidade

QTD

Ortopedia

40

Cirurgia Geral

33

Clínica Geral

37

UTI Adulto

10

Crônicos

15

Instalações Físicas

Ambulatorial

QTD

Sala de curativo

3 curativos limpos
1 curativo infectado

Sala para pequenas cirurgias

1

Sala de repouso feminino

4

Sala de repouso masculino

2

Sala de gesso

1

Serviços de apoio

Farmácia

Lavanderia

Nutrição

Prontuário

Serviço Social

sad

sad-recifeO Serviço de Atendimento Domiciliar - SAD é um serviço de atenção básica à saúde, realizado no domicílio do paciente. Visa à recuperação mais rápida do paciente, pelo tratamento, quando possível substituindo o hospital por seu domicílio, no ambiente familiar e social, estreita integração com o médico do paciente e com um cuidador designado pela família.

Serviços oferecidos: atendimento domiciliar a pacientes com: Úlcera por pressão, Úlcera Varicosa, Neoplasias, Infecção Urinaria e Respiratória, Hipertensão, Diabetes, Seqüela de AVC, Seqüela de TCE, múltiplas fraturas, Seqüela de Hanseníase, Tuberculose em Tratamento, AIDS, Fibrose Pulmonar, Alzheimer, Parkinson, Paralisia Cerebral, TRM por PAF, Síndrome Mielodisplásica, Esclerodermia, DPOC, Estenose Aórtica, Artrite, Artrose, Síndrome de Guillain Barré, Distúrbios psiquiátricos, Bexiga Neurogênica, Osteomielite e Hidrocefalia.

O trabalho da equipe com a família tem como objetivo do programa, implementar hábitos de vida que promova saúde, além do tratamento dos processos agudos, manejo e reabilitação das doenças crônicas e atenção com resolutividade nas possíveis urgências. A assistência domiciliar fornecida pelo SAD visa proporcionar ao paciente um cuidado contextualizado a sua cultura, rotina e dinâmica familiar, evitando hospitalizações desnecessárias e diminuindo o risco de infecções. Proporção de pacientes em atenção domiciliar que vieram a óbito no domicílio a terem declaração de óbito emitida pelo médico da EMAD – Equipe Multidisciplinar de Apoio.
Área de abrangência:
Distrito Sanitário IV (Bairros: Cordeiro, Ilha do Retiro, Iputinga, Torre, Madalena, Prado, Zumbi, Engenho do Meio, Torrões, Caxangá, CDU, Várzea, Brasilit);
Distrito Sanitário V(Bairros: Afogados, Magueira, Mustardinha, San Martim, Areias, Caçote, Estância, Jiquiá, Barro, Coqueiral, Curado, Jardim São Paulo, Tejipió, Totó.

Recursos Humanos

37 funcionários em diversas especialidades: médica, enfermagem, fisioterapia, terapeuta ocupacional, fonoaudióloga, psicologia, assistente social, nutricionista, técnicos de enfermagem e motorista. A freqüência das visitas da equipe multidisciplinar é quinzenal, semanal do técnico de enfermagem e quinzenal do enfermeiro e mensal do médico, segundo a portaria do programa.

rt

As Residências Terapêuticas atendem a um programa que tem como objetivo acolher pessoas egressas de longos períodos de internação em unidades psiquiátricas que perderam o vínculo com seus familiares ou que não têm condições de retornar aos seus lares de origem. Este Programa obedece ao modelo de funcionamento determinado pelas leis 10.216/01 (nacional) e 11.064/94 (estadual), que tratam da descontinuação do modelo convencional para o tratamento dos doentes psiquiátricos.

A Santa Casa de Misericórdia do Recife em parceria com a Prefeitura Municipal do Recife atua no apoio administrativo na contratação de pessoal e manutenção das Residências. À Prefeitura cabe a responsabilidade com a política de saúde mental, cuidados clínicos e a reabilitação psicossocial através dos Centros de Apoio Psicossocial - CAPS referenciados.

Em 2015 foram 18 (dezoito) Residências localizadas nos bairros: Várzea, Ipsep, Campo Grande, Bongi, Cajueiro, Imbiribeira, Santo Amaro, Casa Amarela, Cordeiro, Tamarineira e Afogados.

Total de residentes em 2015: 116.

Recursos Humanos

A equipe é composta por Coordenadora Clínica, Auxiliar Administrativo, Sanitarista, Motorista, Técnica de Referência, Cuidadores, Equipe de Manutenção (pedreiros e auxiliares), Jardineiro.