Festas juninas animam educandários e abrigos da Santa Casa Recife

As instituições mantidas pela Santa Casa de Misericórdia do Recife entraram no clima junino e realizaram seus “arraiás”, com a animação típica desta data. A solidariedade também foi celebrada nas festas, que contaram com o apoio de muitas doações. O Educandário Santa Tereza, em Olinda, foi quem iniciou as comemorações em 14 de junho, com direito a concurso de melhor cantora de forró, apresentações das crianças no ritmo de xaxado e  quadrilha improvisada.

No arraial do Abrigo São Francisco de Assis, em Palmares, realizado no dia 18 de junho, as comidas típicas e a ornamentação doados pela população foram essenciais para o evento ter sido um sucesso. O forró pé de serra também animou os colaboradores e os idosos que moram no local. Houve, também, coroação do Rei e da Rainha do Milho. No mesmo dia, no bairro do Parnamirim, no Recife, o Educandário Casa da Providência realizava a sua festa junina. No auditório da unidade, teve muito forró, comidas típicas e premiação dos matutos mais bem caracterizados.

No dia 19 de junho, foi a vez do Educandário São Joaquim, localizado em Jaqueira, cidade próxima a Palmares. Neste ano, o tema da festa foi “São Joaquim nas Raízes do Forró”. A quadra poliesportiva ficou lotada de  alunos, colaboradores, convidados, pais e responsáveis. Até representantes da Câmara de Vereadores de Jaqueira e o prefeito da cidade, Marivaldo Andrade, marcaram presença e conferiram as apresentações de dança e a história de Lampião e Maria Bonita, encenada por estudantes. Houve, ainda, sorteio de um balaio junino. Todo o dinheiro arrecadado no evento será destinado para melhorias no educandário e, também, para a celebração de conclusão dos alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, que acontecerá em dezembro. 

Ainda no dia 19, o arraial do Educandário Magalhães Bastos, que fica na Várzea, contou com apresentações de dança, além da tradicional quadrilha junina, que atraiu, também, os familiares que estavam no evento. Para dar ainda mais energia para o forró, comidas típicas juninas foram servidas durante a festa. Já no dia 21, o Centro Geriátrico Padre Venâncio, na Várzea, celebrou o São João com muito entrosamento entre as colaboradoras e as idosas que moram no local. Não faltou a mesa farta de comidas juninas, música e muita alegria. 

Texto: Comunicação – Santa Casa de Misericórdia de Recife