‘Autoconhecimento e Liderança’ é tema de treinamento para gestores da Santa Casa Recife

Cerca de 35 gestores da Santa Casa de Misericórdia do Recife, de diversos setores, tiveram um dia inteiro para aprofundar os conhecimentos de liderança. O 1º módulo do Programa de Desenvolvimento de Líderes (PDL) aconteceu na última quarta-feira (07), na Faculdade Nova Roma/FGV, e teve como tema “Autoconhecimento e Liderança”, sendo conduzido pela consultora Ana Karla Cantarelli. Foi a segunda turma a participar da capacitação, que é organizada pela equipe de Recursos Humanos. A primeira turma foi em abril deste ano.

O superintendente geral da Santa Casa Recife, Raul Mariz, esteve presente e, em seu discurso, destacou a importância das capacitações para o desenvolvimento da instituição. “Estive na primeira turma deste módulo, estou aqui hoje e virei quantas vezes forem necessárias, pois entendo que esse programa é fundamental para o crescimento dos nossos gestores, não só no lado profissional. Os ensinamentos de hoje eles vão levar para a vida”, afirmou.

Durante o evento, os líderes participaram de dinâmicas de grupo, onde puderam compartilhar experiências profissionais e pessoais. Para Anésia dos Santos, que havia sido recém-contratada como contadora na Santa Casa, foi um momento de integração com os novos companheiros de trabalho. “Eu tinha poucos dias de casa, então foi ótimo conhecer as pessoas. E também me conhecer melhor, já que falamos bastante sobre autoconhecimento, que, para mim, é algo continuado. Foi muito gratificante, eu amei”, contou.

Os participantes também aprenderam os conceitos da Metodologia DISC, que é uma ferramenta usada para potencializar os resultados de gestão de pessoas. Dias antes do Programa, todos os líderes responderam a um questionário sobre padrões de comportamento. Os resultados foram disponibilizados para os líderes em um fichário personalizado, que eles puderam levar para casa, para consultas futuras. “A ferramenta DISC é estruturada, certificada no mundo inteiro e com 98,7% de assertividade, ou seja, é praticamente impossível encontrar erro na leitura do DISC”, destacou a consultora Ana Karla Cantarelli.

Segundo ela, uma das principais características observadas neste grupo foi a disponibilidade. “Em nenhum momento eu senti desinteresse por parte deles. A gente pode fazer o esforço que for, se a turma não estiver a fim, as coisas não acontecem. E hoje aconteceu, foi bem produtivo e eu penso que o desafio agora é não deixar a temática morrer”, observou. “Juntando essa disponibilidade dos gestores com as devolutivas das ferramenta DISC, será uma ajuda muito importante para a Santa Casa”.

A coordenadora de Recursos Humanos da Santa Casa, Érika Passos, comemora o impacto positivo que o Programa gerou entre os colaboradores. “O programa tem alcançado o objetivo, que é desenvolver as competências comportamentais da liderança e preparar os gestores para o alcance de melhores resultados organizacionais. Implantá-lo é uma conquista para a Santa Casa como um todo. Já observamos o efeito positivo entre os nossos líderes, pela aplicação da ferramenta DISC e pelo sucesso deste primeiro módulo”, concluiu.

Confira algumas fotos do evento:

Texto: Comunicação Santa Casa Recife
Fotos: Recursos Humanos Santa Casa Recife