No Dia do Cego, alunos do IAPQ recebem óculos inteligentes 

Os alunos atendidos pelo Instituto Antonio Pessôa de Queiroz (IAPQ), instituição mantida pela Santa Casa de Misericórdia do Recife, têm mais um motivo para comemorar nesta sexta-feira (13/12), Dia Nacional do Cego. Eles receberam da Prefeitura do Recife dois óculos inteligentes, que fazem leitura e reconhecimento facial. A entrega do presente aconteceu no auditório do IAPQ e contou com presença de alunos, convidados e diversas autoridades do município.

O dispositivo, fabricado em Israel, tem como algumas de suas funções ler os caracteres contidos em um texto e reconhecer a face das pessoas que estão próximas ao usuário. Segundo a Irmã Maria Gomes, diretora do IAPQ, o acessório irá agregar muito no trabalho realizado no instituto. “Vai dar mais liberdade para que nossos alunos possam ler qualquer texto em tinta, além de identificar as fisionomias das pessoas com quem eles conversam. Isso para quem nunca enxergou ou para quem perdeu a visão vai dar uma autonomia muito grande”, comemora.

Aluna do IAPQ desde janeiro deste ano, Roseane Souza da Silva, que possui baixa visão, está na expectativa para utilizar o equipamento. “Esses óculos vão ajudar muito nos nossos estudos, pois vamos ler com mais precisão e rapidez. E quando eles se tornarem mais acessíveis, serão muito úteis no nosso dia a dia, na nossa mobilidade nas ruas, já que conseguem identificar objetos que podem influenciar em nossa orientação. Sem dúvida, é uma tecnologia que vai nos deixar mais seguros e independentes”.

O superintendente geral da Santa Casa, Amaro Lins, compôs a mesa principal do evento e, em seu discurso, resumiu o papel do IAPQ, que é de  restituir a dignidade das pessoas cegas. “Não só na questão da mobilidade, mas também na questão da construção da pessoa como ser humano cheio de capacidades. O diferencial desse instituto é o compromisso, o carinho, a atenção em tudo realizado aqui”, afirmou.

IAPQ – O Instituto de Cegos Antonio Pessôa de Queiroz (IAPQ) foi fundado há 110 anos e é mantido pela Santa Casa de Misericórdia do Recife, instituição sem fins lucrativos que oferece serviços nas áreas de Saúde, Educação e Assistência Social. O IAPQ atende pessoas de baixa renda de todas as idades, com deficiência visual com acuidade visual zero ou baixa visão, disponibilizando meios necessários para sua habilitação, reabilitação e autonomia. Entre as atividades oferecidas pelo IAPQ estão aulas de Orientação e Mobilidade (OM), Braille, Escrita Cursiva, sorobã, dança, música, informática e esportes para cegos. Além disso, disponibiliza à população serviços de massoterapia com o projeto Suaves Mãos – totalmente executado por profissionais cegos – e realiza trabalhos gráficos no Centro de Produção em Braille.

Texto: Comunicação Santa Casa Recife

Foto: Jefferson Soares