Humanização: Paciente da UTI ganha presente de Dia da Mulher

Uma paciente que está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santo Amaro (HSA), instituição da Santa Casa de Misericórdia do Recife, ganhou um presente inesperado e cheio de emoção no Dia Internacional da Mulher. Internada há mais de um mês, a dona de casa Marta Maria do Carmo da Silva, de 56 anos, está com sonda nasoenteral e traqueostomizada em ventilação mecânica, mas deixou o leito, por alguns minutos, para passear pelo pátio da unidade, graças à tecnologia aliada ao atendimento humanizado de equipes multiprofissionais.

Foi a primeira vez que o HSA utilizou o moderno ventilador de transporte SV300, da Mindray, com a finalidade de proporcionar um momento de alívio e conforto a um paciente internado na UTI. “Ela tem diagnóstico de sepse de foco respiratório, urinário e de partes moles, entre outros problemas de saúde. Atualmente mantém uma grande congestão pulmonar importante dificultando o desmame ventilatório precoce”, explica a coordenadora de Fisioterapia do HSA, Glívia Barros. “É uma das grandes guerreiras que temos internadas. Que Deus abençoe a sua recuperação para logo ir para casa”, completou.

Para aproveitar o passeio, Marta escolheu ouvir músicas de Roberta Miranda, o que foi prontamente atendido pela equipe que a acompanhava. “Não existe dificuldade naquilo que se gosta de fazer de coração. Cada paciente meu sempre será atendido como um familiar meu”, relatou a fisioterapeuta Camila Matias, que estava à frente dos cuidados com a paciente. A estagiária Raquel Alencar também participou do gesto e agradeceu pela oportunidade: “Melhor sensação não existe, felicidade imensurável de viver tudo isso. Meu muito obrigada à equipe da Santa Casa, juntamente com Glívia e Camila, pelo apoio e confiança”.

Ainda com dificuldades de falar, por conta da traqueostomia (pequena abertura feita na traquéia para facilitar a entrada do ar vindo do tubo), Marta se disse grata e deu um depoimento que emocionou a toda equipe que estava presente na UTI. “Desejo muitas felicidades aos que vêm construindo tudo isso”, falou, se referindo ao trabalho realizado no hospital. A diretora médica do HSA, Roberta Almeida, enfatizou a importância da humanização nos serviços assistenciais e parabenizou os profissionais envolvidos: “Esse é o resultado de um trabalho feito com muito amor”.

TECNOLOGIA
O ventilador pulmonar SV300, da Mindray, foi desenvolvido para atender a alta complexidade na ventilação mecânica, pois apresenta modalidades de ventilação avançadas e recursos de monitorização, avaliação e terapêutico. Versátil, ele pode ser usado para tratar pacientes pediátricos e adultos com todos os níveis de acuidade em UTIs e Cuidados intermediários. “Além disso, sua característica híbrida, ou seja, pode ser usado como beira leito e transporte intra hospitalar, proporciona também a mobilidade progressiva, com o benefício de retirar do leito enfermos restritos à cama, auxiliando as funções pulmonares e reduzindo os efeitos deletérios causados pelo imobilismo no leito”, explica o especialista de produto, Igor Paiva, representante da Safe Suporte à Vida, empresa que disponibilizou o equipamento à Santa Casa.

Segundo o especialista, todos esses atributos foram fundamentais para a resposta positiva da paciente, que vinha de um longo período acamada e dependente de um equipamento respiratório fixo ao leito. “A Safe Suporte à Vida tem uma história de parceria com a Santa Casa de Misericórdia do Recife e fica lisonjeada em poder participar de histórias como essa. Esperamos que a parceria cresça ainda mais para que juntos possamos criar outros momentos incríveis, proporcionando mais conforto, autoestima, saúde e bem-estar para os pacientes”, conclui Paiva.

Texto: Comunicação | Santa Casa Recife
Foto da paciente tirada pela equipe de Fisioterapia e autorizada pelos familiares