Forró e inclusão: Instituto de Cegos do Recife realiza 24º Arraiá Sem Preconceito

As festividades juninas começaram e, na última sexta-feira (07), o Instituto de Cegos Antônio Pessoa de Queiroz (IAPQ), unidade da Santa Casa de Misericórdia do Recife, realizou o 24º Arraiá Sem Preconceito. O evento trouxe alegria, inclusão e solidariedade, além de muito forró e comidas típicas. A edição deste ano foi especial, pois celebrou os 110 anos da instituição. Também foram realizados sorteios de balaio junino e brindes, cuja renda arrecadada nas rifas será revertida para melhorias nas salas de aula.

O evento contou com uma programação variada, com apresentações das bandas Forró Sensação, Luará, George Luiz, Forró Alegria do Povo e Viajantes do Forró. A programação deu espaço, também, a músicos com algum tipo de deficiência, como a banda Mistura Visual, formada por nove alunos do IAPQ, e a jovem cantora Marília Mendonça. “Foi muito legal participar dessa festa de inclusão. Principalmente a festa de São João, que é o que eu mais gosto no ano. Então foi ótimo mesmo”, contou a ex-aluna do Instituto.

Ediane da Silva, ex-aluna e hoje professora de Braille, fez questão de participar da festa no IAPQ, que considera a sua segunda casa. “Aqui foi a base de tudo para mim. Eu aprendi aula de mobilidade, aprendi até a vender. Hoje sou professora braillista. Sempre que eu posso eu venho, pois praticamente fui criada aqui”, disse Ediane. A auxiliar técnica de Radiologia no Hospital Santo Amaro (HSA), Cida Muniz, era uma das mais animadas e foi só elogios à festa: “Gostei de tudo. Do forró, das comidas, foi tudo maravilhoso. Adorei!”.

Texto: Comunicação – Santa Casa de Misericórdia do Recife