Alunos do Colégio Santa Luísa de Marillac fazem viagem no tempo em Feira Cultural

Os alunos do Colégio Santa Luísa de Marillac, mantido pela Santa Casa de Misericórdia do Recife, fizeram uma verdadeira viagem no tempo no último sábado (25). Dos anos 1950 até os dias atuais, cada classe apresentou as mudanças e as curiosidades de uma década específica. Os estudantes abordaram assuntos como o avanço da tecnologia, política, ciência, moda, entretenimento, música, dança e cinema.

De acordo com a professora do 5° ano da unidade, Cristina Melo, a Feira Cultural tem o objetivo de abordar de maneira aprofundada e criativa conteúdos significativos. Para ela, poder relembrar os momentos vividos, como os da década 80, foi algo mágico. “Fizemos uma verdadeira viagem no tempo, em que não só as crianças puderam compreender e vivenciar um pouco daquela época, como os pais puderam resgatar esse tempo tão saudoso”, disse.

Na quadra do colégio, cada turma apresentou uma dança que fez sucesso durante as décadas. Um dos destaques foi a aluna Giovanna, do 5º ano, que reproduziu uma icônica cena do filme “Flashdance – Em Ritmo de Embalo”, de 1983. Os estudantes também dançaram “Thriller”, canção lançada em 1984 pelo cantor e compositor americano Michael Jackson.

Maísa Santana e Arthur Ferreira, alunos do 4° ano, abordaram os anos 2000. Além de tratar da cultura do país durante esse período, eles também debateram sobre notícias relevantes, como o atentado às Torres Gêmeas, nos Estados Unidos, em 2001, e a Copa do Mundo no Brasil, em 2014.

Uma das salas resgatou as brincadeiras antigas, como jogar pião, pular corda e brincar de estátua. Em outro espaço, foram exibidos objetos já em desuso, como fita cassete, disquetes, diskman, máquinas fotográficas, discos de vinil.

Grandes personalidades, como Ayrton Senna e Elvis Presley, também foram lembradas, além de personagens famosos como os agentes do MIB – Homens de Preto, o super-herói Homem-Aranha e a boneca Emília, do Sítio do Pica-pau Amarelo.

Jairo Amorim, pai de Isabella Amorim, aluna do Ensino Infantil II, foi conferir a Feira Cultural e elogiou o desempenho dos estudantes e a proposta da atividade: “Foi emocionante! A Feira demonstra a evolução de cada criança. A forma como se apresentam, a perda da timidez, a alegria de contar para os pais o que foi feito e como foi feito. Isso deixa o pai muito feliz”.

A turminha do 1° ano do Ensino Fundamental trouxe assuntos que marcaram os anos 1960 – uma década bem distante para os pequenos, que têm em torno de 7 anos. “O Fusca, a Jovem Guarda, a festa, a moda e os ingredientes dos anos 60”, resumiu o aluno David Gomes.

Confira algumas fotos do evento:

Texto: Comunicação – Santa Casa de Misericórdia do Recife
Fotos: Sandra Sonoda e Colégio Santa Luísa de Marillac